All in Lugares

LEOPOLD + BOI-CAVALO@Baixa House

O convite para sentar, ali na cozinha, a um metro da bancada se tanto. Cabemos todos estamos confortáveis, iniciemos.
A audiência escuta, em posicionamento semelhante ao da última ceia, quem pintou o quadro. E o que eles dizem é de sobremaneira importante. Por chavões que sejam, a falta de tempo para se encontrarem, o querer sair da zona de conforto, o trabalhar local e sazonal...

Maria Azeitona: “mudem-me as cadeiras, por favor”

Este espaço tem apenas dois anos, todos vividos no meio de uma crise financeira, situada num subúrbio e consegue desempenho bastante acima da média. 
Depois da experiência, não admira que esteja sempre cheio, que seja quase impensável conseguir marcar, que tenha um público heterogéneo, entre as famílias locais e os estrangeiros que vêem de Lisboa aqui jantar.

Ribs & Company: “Fã do Guy Fieri”

A primeira vez que pus os olhos no Guy Fieri saiu-me: redneck. Pensei em preconceito contra comida norte-americana, contra comer até empanturrar, contra sabores conquistados através de açúcar e sal e nada mais do que isso.
Depois encontrei um livro chamado Heritage (Sean Brock), sobre um legado, variedades autóctones, e uma história falada, sobre a gastronomia norte-americana.

Go-Juu: “Clube Privado”

...a minha cara devia transparecer o que estava a acontecer: mais um sítio onde ia comer arroz com peixe banal, e pagar demasiado dinheiro por isso.
A casa resolveu isso, de forma a que apesar de três faltas em cinco pedidos, esta foi uma das melhores experiências de japonês dos últimos tempos. 

THE _ M O U S S E

Pecaminosa, decadente, modificadora de comportamentos compulsivos. 10 das que sou capaz de repetir até o médico mandar parar.

Não estarão seguramente todas por aqui, e para alguém que não gosta assim tanto da parte doce investir nesta publicação é quase contraditório, Lisboa no entanto, merece uma análise detalhada do produto!

Cave 23

De vez em quando somos surpreendidos. E ser surpreendido é das coisas que de facto permitem insistir e querer mais, querer descobrir, querer ver, saber e provar mais.
A ida à Cave23, surgiu a pretexto de um jantar a dois. Um singelo jantar a dois de índole romântica, de prazer puro numa bonita localização com vista sobre a cidade. Ou então não, que é uma cave.

Enfarta sabor

Enfarta sabor.

Ambicionei que isto aparecesse durante anos. Nunca mais existia um americano por cá. Se há coisa em que são mestres é na combinação perfeita de carnes cozinhadas durante demasiado tempo, em conjugação com uma panóplia de acompanhamentos gigante. Tudo servido em doses monstras e chamam-lhe: churrasco. 

Até ao infinito e mais além.

Até ao infinito e mais além.

Numa estranha alegoria, aparecem os pecados uns atrás dos outros, duplicados, replicados, espelhados. A gula supera tudo aquilo que a razão possa dizer em sentido contrário. Nem sequer faz sentido tentar ser racional sobre este tipo de questões. 

Prazer & Culpa

Prazer & Culpa. Por vezes há coisas inexplicáveis nos hábitos alimentares. Nada como uma bela dose de hidratos de carbono, comidos ao Sol, ao almoço, carregados de óleo de um panado e alho no esparguete. O limão é apenas para decorar. @La Rúcula