OVO CRU. Sobre comida e tudo o que essa escolha envolve, para quem gosta de comer e de falar sobre isso.

 

Sobre


Porque comer é muito mais do que nutrição.
Porque tudo começou no ovo (ou na galinha) e porque o primeiro estado da comida, é precisamente quando ela ainda se encontra crua.
São forçosamente as coisas mais simples que dão mais sal à vida e o ovo é dos ingredientes que mais se presta à transformação gastronómica.

Como forma de arte que é, a gastronomia, com os seus chefs, cada vez mais artistas incontestados, residentes num “star system” próprio, apresentam-se numa miríade de cores, formas, sabores e texturas, resultando na evocação de emoções e num acto de memória engrandecedor.

Os caminhos inerentes de descoberta compulsiva de coisas novas, levaram a que este ponto chegasse e se congregasse numa só página todas estas vontades e partilha de conhecimento, o OVO CRU.

Arquitecto de formação, com uma índole bastante virada para comer, escrita por passatempo, fotografia por carolice e uma paixão esquisita por facas compridas e tábuas de cozinha. Melhor do que cozinhar, só mesmo partilhar uma refeição com aqueles que não nos olham de lado, quando insistimos em falar horas sobre variedades de cenouras.