Livros de Comer: The Modernist Cuisine at Home

Livros de Comer: The Modernist Cuisine at Home

Aquilo que Ferran Adriá mistificou, Nathan Myhrvold desmistifou (pelo menos para quem quis/pode ler).

Quando saiu, o The Modernist Cuisine, um gigantesco compêndio, separado em 5 tomos mais um volume para receitas, veio revolucionar a cozinha, ao colocar à disposição de todos, de uma forma simultaneamente gráfica e científica, tudo aquilo que se passa nas reacções físicas, químicas entre elementos. 

Convém dizer que antes de se dedicar a este livro, Nathan foi o Chief Technology Officer da Microsoft, e tem algumas patentes registadas em nome próprio. A sua forma de estar é a do conhecimento "per si", pelas matérias em que se interessa. Neste caso a gastronomia: 

Ele não gostou que quer o Ferran Adriá, quer o Heston Blumenthal tivessem guardado os segredos todos para eles. 

E então conseguiu demonstrar (mesmo demonstrar), cortando tudo e mais alguma coisa a meio, o que acontece dentro daqueles aparelhos opacos que utilizamos: tachos e panelas entre outros. 

A versão original, custa algo como 400€. A versão nacional traduzida de forma absolutamente espantosa, reduz-se a um volume e um extra para receitas, e custa bastante menos, ainda assim, muito mais do que um livro normal de cozinha custa. 

Mas é extraordinário. A única coisa extra que possuí, é que tem de se comprar uma série de equipamento extra, e adicionalmente arranjar coragem para executar apenas uma das receitas. 

Se estiver em exposição numa livraria: Desfolhem. 

Ingredientes raros: Mamute

PLACEINVADERS: e se a tua casa fosse um restaurante?

PLACEINVADERS: e se a tua casa fosse um restaurante?